quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Páscoa Real

Para esta aula, o professor deverá preparar 10 corações. Em cada um colar uma letra para as palavras:
P=Prisão
A=Amor                                        R=Ressuscitou
S=Sepultura                                  E=Experiência
C=Cordeiro                                   A=Alegria
O=Obediência                               L=Liberdade
A= Anjo
            Os corações podem ser colados na parede durante a aula ou colocado no pescoço de algumas crianças. Você também poderá usar figuras para essas palavras durante a explicação.   Boa Aula!!!
 
A verdadeira história da Páscoa está na Bíblia que é a  Palavra de Deus! No livro de Êxodo aprendemos como os israelitas viviam numa verdadeira PRISÃO, como escravos, no Egito, até o dia em que Deus os tirou dali. O dia que os hebreus (povo de Deus) saíram do Egito, passou a ser comemorado a cada ano. Era a Páscoa!Existe um outro tipo de PRISÃO. Uma vez, Jesus disse que toda pessoa que comete pecado se torna escrava do pecado... Mas, se o Filho nos libertar, verdadeiramente seremos livres.    (Jo. 8:34,36)
****                               
Deus libertou o povo hebreu do Egito porque tinha uma aliança com este povo. O AMOR de Deus para com aqueles que viviam como escravos sempre foi muito real. Ele cumpria sua promessa de cuidar deles e de abençoá-los. A saída deles do Egito foi uma grande prova do AMOR de Deus.
Dessa mesma forma, Deus quer libertar todos os que estão presos na escravidão do pecado, por isso Ele enviou Seu Filho Jesus ao mundo:
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho unigênito, para que todo o que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna. (Jo. 3:16)
*****

Na noite em que o Senhor feriu todos os primogênitos na terra do Egito, fez um grande clamor, pois não havia casa em que não houvesse morto. (Ex. 12:29,30). Era a morte, a tristeza, a SEPULTURA e a dor. Jesus também foi até a morte de cruz, Ele foi crucificado. Seu corpo foi colocado numa SEPULTURA.
No dia da saída dos hebreus do Egito, eles não tiveram a dor da morte por causa do sangue de um cordeiro na porta. Jesus, o Cordeiro de Deus, morreu no lugar de todo o que nEle cre.
Em Jesus há vida eterna, Ele pagou o preço pelo pecado com sua morte e  SEPULTURA.
*****
A maneira como Deus libertou os israelitas da escravidão do Egito foi maravilhosa. Mas uma coisa muito trágica aconteceu: todos os filhos primogênitos de cada família que vivia no Egito foram mortos. Outras tragédias já tinham acontecido antes, mostrando o grande poder de Deus para convencer o Faraó a libertar o povo de Israel. Dessa vez, o Faraó não pôde resistir. Ele viu que nas casas dos hebreus nada havia acontecido, pois cada família tinha sacrificado um CORDEIRO e colocado o sangue por cima das portas de suas casas. Este sangue de um CORDEIRO livrou os hebreus do castigo da morte, e eles então puderam sair.

João Batista, um profeta de Deus disse sobre Jesus: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! (Jo. 1:29)

 *****
A saída dos hebreu da prisão, foi possível por causa da sua OBEDIÊNCIA à Palavra de Deus, colocando sangue de cordeiro em suas portas, como um sinal para que o Anjo que traria a morte á todos os primogênitos do Egito, não entrasse em suas casas.

Jesus foi exemplo de OBEDIÊNCIA. Antes de Jesus morrer na cruz, Ele passou por momentos difíceis no Jardim de Getsêmani, orando ao Pai, pronto para OBEDECER: Não se faça a minha vontade, e sim a Tua. (Lc. 22:42)
*****
No Egito, um ANJO anunciou morte aos primogênitos. Em Jerusalém, o ANJO anunciou vida! No primeiro dia da semana, três dias depois da morte de Jesus, algumas mulheres foram ao sepulcro preocupadas em como iriam conseguir remover a grande pedra da entrada do túmulo. Só que: houve um grande terremoto, um ANJO desceu do céu e removeu a pedra. O ANJO foi até às mulheres e disse: Não temais, porque buscam o vivo entre os mortos? Ele não está aqui mas ressuscitou! E elas correndo, foram anunciar aos discípulos!
*****
Os escravos hebreus agora estavam livres para começar uma nova vida. Tudo era novidade e eles partiram para uma linda terra prometida por Deus.
O Senhor Jesus, depois de morrer na cruz e ser colocado na sepultura, RESSUSCITOU triunfantemente! Isto é fantástico! Jesus não ficou morto, Ele RESSUSCITOU!
Isto é a Páscoa: No passado, os hebreus libertos da escravidão do Egito. No presente, os que crêem em Jesus Cristo são libertos da escravidão do pecado e salvos eternamente.
De que forma? A bíblia ensina: Com a boca confessamos que Jesus é o Senhor e com nosso coração cremos que Deus o RESSUSCITOU dentre os mortos, assim somos salvos. (Rm. 10:8-10)
*****
Nesses dias de Páscoa, tem gente que fala que coelho bota ovos. Não dá para aceitar, isso não existe! Nunca um coelho terá esta EXPERIÊNCIA de botar ovos.
Sabe, tem muita gente que até sabe que a Páscoa Verdadeira significa a libertação de Deus. Mas a questão não é saber, e sim ter a EXPERIÊNCIA! E você? Já teve a EXPERIÊNCIA de ter os seus pecados perdoados? Já se arrependeu de todos os seus pecados? Você tem Jesus no coração e pode dizer que é uma nova pessoa?
*****
Quem poderá imaginar a ALEGRIA daqueles escravos hebreus saindo para uma nova terra? Assim também há uma ALEGRIA muito grande no coração daquele que tem os seus pecados tirados pelo sacrifício de Jesus na cruz.
Páscoa é  momento de festejar com ALEGRIA, tudo o  que Jesus fez em favor do pecador, por causa do grande amor de Deus.Não é a alegria dos ovos de chocolate, trata-se de uma alegria muito maior: A de saber que você, que já recebeu a Cristo como seu Salvador, tem o seu nome escrito lá nos céus. (Lc. 10:20)
*****
Foi para a LIBERDADE que Cristo nos chamou. (Gl.5:1). Que maravilha saber que nenhuma condenação existe para aqueles que confiam em Jesus e o recebem como seu Senhor e Salvador!
Todos que recebem Jesus se tornam filhos de Deus! Se você ainda não recebeu Jesus em sua vida, receba agora e conheça a libertação dos seus pecados pelo sangue que Ele derramou na cruz. Experimente a LIBERDADE de ser feito um filho de Deus. Este é o Real significado da Páscoa!!!


Adaptação: Sandra de Andrade Curcino
créditos: APEC
 
Sugestões de Figuras:

 

 


 
 
 
 
 

    

 

 

Nenhum comentário :

Postar um comentário